sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Prós e contras do aplicativo My Fitness Pal

Imagem de abertura do aplicativo

Minha irmã está usando um aplicativo de controle alimentar há 75 dias e como já perdeu mais de cinco quilos desde então, me indicou como sendo uma excelente ferramenta de trabalho para eu explorar. Comecei a usar há cinco dias e de fato é muito bom. Sabendo que as dietas virtuais com auxílio do Instagram, My Fitness Pal e outros aplicativos estão cada vez mais na moda, resolvi fazer um review sobre esse app, levantando seus pontos positivos e negativos. Vamos lá!

Pontos Positivos:
1.       É prático e extremamente fácil de usar – intuitivo.
2.   Ajuda a criar uma disciplina, pois, para que funcione é preciso fazer um registro detalhado (diário) de absolutamente tudo que se come.
3.       Ao anotar tudo que comemos, muitas vezes conseguimos detectar onde estão nossos pontos fracos, logo é uma ferramenta bastante educativa.
4.       Faz com que os usuários fiquem mais familiarizados com os grupos alimentares e quantidade de quantidade de calorias neles.
5. Contém um banco de dados bem rico de alimentos, permitindo inclusive a inclusão de alimentos industrializados a partir do reconhecimento do código de barras.
6.  Permite um fracionamento bastante detalhado das porções a partir de medidas caseiras e pesagem, possibilitando a inserção de alimentos no diário com boa precisão das porções ingeridas.
7.       Funciona como uma rede social também, boa pedida para quem precisa de incentivo e motivação.
8.      Por funcionar como rede social, é uma boa ferramenta para que nutricionistas acompanhem a evolução de seus pacientes.

Pontos Negativos:
1.       A ingestão calórica diária recomendada não é confiável. Sei disso, pois a quantidade calórica sugerida para mim (a partir do fornecimento de meus dados) foi bem inferior ao que teria sugerido, utilizando formas de cálculo de TMB (Taxa Metabólica Basal) e GET (Gasto Energético Total) mais precisas. Uma prova da arbitrariedade deste cálculo é o fato de que a sugestão de calorias diárias para mim e para minha irmã foi a mesma: ela é 6cm mais baixa que eu e atualmente pesa 10kg menos que eu. Em nenhum cálculo seria possível que nossas ingestões calóricas fossem iguais.
2.       Ainda sobre a contagem calórica: achei o valor indicado muito baixo. No meu caso, por exemplo, indicaram a ingestão de 1200kcal/dia, selecionando a opção perda de peso. Pelos cálculos da Fórmula de Bolso (o mais simples que tem) essa ingestão poderia variar de 1260 a 1575 kcal/dia. Pelos cálculos da RDA/89 este valor, jamais poderia ser inferior a 1500kcal/dia. Segundo o cálculo da FAO/85, uma ingestão de 1315 kcal/dia seria o mínimo aceitável, considerando que eu fosse sedentária, ao considerar uma atividade física com duração de uma hora diária, este valor mínimo para perda de peso, não poderia ser inferior a 1600 kcal/dia. Por fim, tomando por base os cálculos da EER (Estimated Energy Requirements), com intervalo de confiança de 95%, este valor não poderia ser inferior a 1600 kcal/dia. Como vocês podem ver, utilizando quatro formas de calcular a mínima ingestão calórica para perda de peso de forma segura, nenhuma delas chega ao valor de 1200 kcal/dia, considerando meus dados (idade, peso, sexo, altura e fator atividade física).
3.  Distribuição dos macronutrientes. O aplicativo cria um gráfico demonstrando a distribuição de macronutrientes ingeridos e recomenda as seguintes metas: 50% da dieta na forma de Carboidratos, 30% da forma de Gorduras e 20% na forma de proteínas. Em primeiro lugar: esses valores não são estáticos, podem sofrer variações, com aceitação muito mais abrangente do que as metas estipuladas. Em segundo lugar, o Ministério da Saúde do Brasil recomenda que a ingestão proteica não ultrapasse 15% da dieta, apesar de que o valor de 20% é também aceito pela IOM (Institute of Medicine). Entretanto, o mais importante que precisa ser salientado é que a proporção de macronutrientes em uma dieta é bastante variável e precisa ser calculada de acordo com as individualidades bioquímicas de cada indivíduo.


Conclusão:
Acredito que o subdimensionamento da ingestão calórica diária deve ser para fazer com o que o aplicativo ofereça resultados maiores em termos de emagrecimento e assim se torne mais popular. Entretanto, isso é um risco, pois quando ingerimos um valor inferior ao mínimo que precisamos para perder peso de forma saudável, podemos até emagrecer, mas pode haver um comprometimento do metabolismo, bem como depleção de massa magra.

Sim, recomendo a utilização da ferramenta. Acho que os pontos negativos são absolutamente contornáveis se for utilizado paralelamente com um acompanhamento nutricional, para estipular metas mais adequadas e personalizadas, tanto em relação à ingestão calórica, quanto em relação à distribuição de macronutrientes.


Por fim, não podemos esquecer que caloria não é tudo. Não adianta nada alcançar uma meta calórica sem obter os nutrientes necessários. Isso também deve ser calculado por um nutricionista, que irá avaliar se há alguma carência nutricional ou excesso que precisa ser compensada/ajustada, bem como traçar um plano alimentar variado, atendendo aos gostos e necessidades de cada indivíduo. 

11 comentários:

  1. Ontem, algumas pessoas que já usam o aplicativo há mais tempo relataram suas experiências e opiniões lá no Facebook. Resolvi compartilhar aqui para enriquecer o texto.

    Verônica:

    Cami, seu review está ótimo!! Uso o programa há 75 dias seguidos como você mencionou, mas na verdade uso há mais tempo que isso. É que dessa vez estou aplicada e com o auxilio do aplicativo perdi mais do que 5kg, coisa que antes era difícil para mim, pois não estava muito fora do meu peso e a qualidade dos alimentos que como já era bia: não como doces, não gosto de refrigerante, evito frituras e meu único pecado são massas.... Me preocupo bastante com a qualidade da dieta e uso o aplicativo como uma calculadora, pois aprendi que quando como entre 1200kg e 1350kg consigo perder peso. Mas existem vilões na dieta que mesmo se estivermos dentro da meta calorica, se torna difícil a perda de peso como por exemplo: cerveja e massas brancas. E é aí, como você mencionou, que um acompanhamento nutricional faz diferença. É possível estar dentro da meta e ainda perder peso, mas ficar subnutrida. A qualidade dos alimentos e escolha dos mesmos faz a dieta ser mais eficaz com acompanhamento. Recomendo a ferramenta e sou prova de que funciona, mas deve ser usado com cautela. E melhor: uma nutricionista pode acompanhar sua dieta passo a passo através do app e isso vai reunir 2 em 1. É educativo e muito bom. Quando você aprende a usá-lo e como selecionar os alimentos, se torna fácil perder peso. Recomendo!!

    By the way, conheci esse App através da minha cunhadinha-irmã Tais Okano Valera que também emagreceu com a ajuda do App além de tambem colocar o marido Julio Valera em forma: foram mais de 20kg!! Eles também fizeram um programa de dieta e exercícios para baixar o colesterol e também deu certo. Só que mais uma vez usaram o App como calculadora e banco de dados para pesquisar e registrar os alimentos. Antes pesquisaram os alimentos com alto teor de colesterol e quanto podiam comer por dia / semana. São um casal saudável e feliz. Os exames de sangue deles comprovaram os resultados!


    Camila Lisboa (eu): Verônica, deviam contratar vc para ser a garota propaganda oficial do app, risos!! Grata por share sua experiência... Poderia copy-paste lá nos comentários do blog? É que aqui é tudo muito efêmero... Tks!!


    Verônica:

    Estou tentando postar lá também, mas não está funcionando...


    Eduardo:
    Boa avaliação. Mas tem duas partes importantes que não foram abordadas.

    1. A sugestão de calorias do aplicativo depende da velocidade que se quer emagrecer, podendo variar de 1kg/semana a 0,25kg/semana no caso de perda de peso e a escolha do nível de atividade (sedentário, levemente ativo, ativo e bastante ativo)

    2. O aplicativo também é ótimo para acompanhar sua atividade física, podendo ser conectado com alguns tipos diferentes de aparelhos por Bluetooth ou de forma manual e assim modifica automaticamente a quantidade de calorias a ser ingerida no dia.

    Mas ele está longe de ser um nutricionista licenciado para acompanhar uma dieta de forma correta.


    Camila Lisboa (eu):

    Bem colocado Eduardo. Mesmo que se deseje emagrecer rápido, é sempre arriscado sugerir um GET muito baixo e foi isso que verifiquei com meus cálculos...

    Ainda não explorei as alternativas da parte de atividades físicas do aplicativo... Confesso que ando praticando muita leitura, redação e matemática e pouca atividade física!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A informação do nível de atividade física é muito importante. Se uma pessoa informa que é sedentário é claro que os cálculos vão sugerir um consumo de calorias menor. Pessoas com problemas de retenção de líquidos tem que fazer uma boa escolha dos alimentos pois a retenção também atrapalha a perda de peso.

      Excluir
  2. The Goat Strikes Again...5 de março de 2014 17:30

    Ótimo texto e ótimos comentários. Minhas observações são;

    1. 1.200 a 1350 é muito baixo. Pode haver alguma subnutrição nessa faixa, sem que a mesma apareça no exame de sangue, que sempre trabalha para manter seus componentes em equilíbrio. Assim, quando esse mecanismo não encontra na alimentação os nutrientes necessários para manter as suas taxas em ordem, vai buscá-los sem dó nem piedade nas reservas, nos tecidos (músculos, ossos,etc). E isso é uma falta que só se consegue medir no longo prazo, quando o estrago já pode estar feito. Portanto, cuidado com essa faixa de calorias (e demais nutrientes)

    2. No caso de mulheres, é preciso levar em conta outro ponto importante: ela está em fase reprodutiva? Se já não estiver, é preciso levar em conta que as perdas hormonais próprias da idade já implicam em comprometimento das reservas, principalmente ósseas. Se ainda está em idade reprodutiva, é preciso levar em conta se ainda pretende ter filhos. Em caso afirmativo, considerar que uma gestação representa uma pressão muito grande sobre as reservas da mulher, pois se o seu próprio sangue já lhe rouba o necessário (quando desnutrida) para manter suas taxas em dia, uma criança em formação é muito mais eficiente nesse trabalho! Assim, gestações em condições de subnutrição, em primeiro lugar, faz um verdadeiro estrago nas reservas da mãe: dentes, ossos, pele, etc e, em segundo lugar, quando o quadro é severo e suas reservas já não são suficientes para atender às necessidades da gestação, a própria criança é afetada. Por fim, depois da gestação vem a amamentação, quando é bom ter reservas de qualidade. E para quem pensa que pode resolver isso tão logo engravide, um alerta: reservas de qualidade não se formam da noite para o dia: exigem tempo (o tempo de uma vida diária normal, sem efeitos sanfona) e algumas carências, simplesmente, podem não se recompor mais nos níveis adequados anteriores.

    3. Para qualquer pessoa, a questão nutricional deve levar sempre conta os seguintes fatores para uma melhor formulação:

    a) A constituição do indivíduo
    b) O seu sexo
    c) Sua idade
    d) Local onde vive
    e) Atividade que exerce ou pretende exercer
    f) Estado de saúde em que se encontra

    Assim, é preciso ir além das informações e ofertas do Dr. Google e da App Store quando se trata de nutrição e saúde e buscar aconselhamento adequado, de bons profissionais. Além do mais, é sempre bom ter reservas: seja para a gestação, seja para amamentar, seja para superar o estresse do dia-a-dia, seja para enfrentar imprevistos com a saúde, seja para se ter o que "torrar" em eventuais farras e excessos prazerosos. E ter sempre em mente: o corpo sabe lidar bem com excessos: elimina-os. Já com carências, a coisa já é mais complicada, silenciosa, invisível e pode deixar sequelas.

    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  3. Comecei a usar o app hoje, vamos ver se dará resultado pra mim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para dar certo é necessário que as informações estejam corretas, que anote tudo que consumir, que a recomendação de beber no mínimo 2 litros de água por dia e fazer alguma atividade física seja cumprida. Quem tem problema de retenção de líquidos tem que fazer uma boa escolha dos alimentos para evitar a retenção uma vez que atrapalha a perda de peso.

      Excluir
  4. Bom dia
    Também não segui as orientações automaticas do aplicativo.
    Como tive um tumor na Tireóide e, com isso, tive de fazer cirurgia para retira-la, além da Diabete tipo 2, faço acompanhamento medico trimestral com Endocrino e Nutricionista e uso muito o aplicativo para um controle mais rigoroso da alimentação. para isso pegamos as porcentagens do que temos de ingerir diariamente e configuro no proprio aplicativo.
    Basta ir no Menu > Metas e preencher com as informações informadas pelo profissional.
    Isso me ajudou muinto..com o controle fico mais atento para não ingerir as"porcarias".


    Grande abraço
    Thiago

    ResponderExcluir
  5. olá! eu recém instalei o aplicativo e comecei a utilizá-lo.
    No entanto achei meio esquesito por que a cada dia que se passava, mesmo cumprindo com a meta sugerida (no meu caso as 1200 calorias /dia), ao invés de me aproximar do peso do desejado (ou ao menos, manter) eu me afastava. Por exemplo, a cada dia o programa avisa: "daqui a 5 semanas você está pesando 47kg, Aí no dia seguinte: daqui a 5 semanas vc estará pesando 47,5kg, Aí no dia seguinte: daqui a 5 semanas vc estará pesando 48 kg. HAuHAuHUAh. E isso mantendo a ingestão das 1200 calorias. Achei mto estranho. Alguém saberia me explicar ?
    Outra coisa é que, fiz o logoff e depois não consegui mais acessar o aplicativo...(mesmo tentando recursos de "ajuda" e etc). Aí decidi fazer outra conta e recomeçar. Bom, colocando os mesmo dados e um kilo a menos como meta, o programa me sugeriu a dieta de mais calorias (1500 e não 1200). Não é estranho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondendo sua pergunta akela meta que te avisao e por dia se todo dia voce comece o mesmo tanto em 5 semanas voce taria com os 47 kg tendeu

      Excluir
  6. Quem pratica musculação precisa de mais proteínas, e isso o ministério da saúde não leva em conta.

    ResponderExcluir
  7. 15% de proteínas é um ultraje. Minha dieta é assim 45% carbo; 30% gordura; 25; proteína. Estou tendo excelentes resultados, emagrecendo um kg por semana e ganhando músculos. E olha que minha dieta não é muito proteica não. Como 1,4g p/kg de proteína. Já vi gente comendo até 4g/Kg de proteína.

    ResponderExcluir