quarta-feira, 14 de novembro de 2012

A soja e seus derivados

Peguei esse texto na página da Ecobrás no Facebook. Um resuminho básico para iniciantes no assunto: SOJA!

Conhecendo os Produtos derivados da Soja - Texto: Paula Savino

Missô (pasta fermentada de soja)O missô é um alimento fermentado feito a partir de soja integral combinado com outros grãos como arroz e cevada, sal marinho e inoculado com koji (grãos ou soja cultivados, carregados com enzimas usadas como catalisadores). O missô é muito rico em proteínas, aminoácidos essenciais e minerais como cálcio e ferro e contém um baixo teor de gorduras e calorias. De sabor muito agradável, rico e fortificante é usado para temperar sopas, cereais, leguminosas, vegetais, peixes e frutos do mar.

Por muitos séculos o missô vem sendo usado no Oriente como alimento básico nutricional e medicinal. O consumo diário de sopa de missô atua na redução do colesterol, ajuda a neutralizar os efeitos nocivos do fumo e da poluição ambiental, alcaliniza o sangue e previne doenças causadas por irradiação.

Assim como o famoso iogurte, o missô não pausterizado contém probióticos: bactérias benéficas  (lactobacilos) que atuam na restauração da microbiota intestinal melhorando a assimilação e digestão dos alimentos. Devido à sua alta digestabilidade, o missô pode ser consumido por pessoas de qualquer idade. Ele promove um equilíbrio nutricional de carboidratos complexos, óleos essenciais, proteínas, vitaminas e minerais.


Estudos científicos baseados nos hábitos alimentares de populações japonesas comprovaram que o uso regular de sopa de missô reduz a incidência de certos tipos de câncer e de doenças coronárias. Outros estudos demonstram ainda, que famílias que usavam tradicionalmente o missô no japão, foram as menos atingidas com os ataques nucleares no país, comprovando a sua eficácia até mesmo na detoxificação radioativa. Além disso, a universidade de Tohoku no Japão isolou recentemente químicas contidas no missô que cancelam os efeitos de alguns carcinogênicos.

De acordo com uma lenda oriental, o missô foi um presente dos deuses para assegurar saúde, longevidade e felicidade à humanidade. 

OBS.: O missô não deve ser fervido, pois as altas temperaturas desnaturam as proteínas enzimáticas vivas que promovem os inúmeros benefícios do produto, inclusive a alta digestibilidade.

Foto e prato por Camila Lisboa

Shoyu (molho de soja)O shoyu é um tempero produzido a partir da soja fermentada, trigo, água e sal marinho. Tradicionalmente é fermentado naturalmente em grandes barris de madeira por um período de um a dois anos. A ação das bactérias (aspergillus orizae) e leveduras sobre a proteína da soja, resulta na formação de aminoácidos, açúcares e outros compostos orgânicos. Rico em enzimas, aminoácidos, minerais, vitaminas B e ácido glutâmico, o shoyu é o principal tempero usado na culinária natural e japonesa.


TamariMolho de soja fermentado produzido sem a adição de trigo (não contém glúten). O tamari é mais rico em aminoácidos e ácido glutâmico do que o shoyu.




Foto e prato por Camila Lisboa



Tofu (queijo de soja)O tofu é um alimento altamente nutritivo, rico em proteínas, aminoácidos essenciais, cálcio, ferro, fósforo, vitaminas B e E. Totalmente isento de colesterol, contém baixo teor de carboidratos, calorias e gorduras saturadas. De fácil digestão é aconselhável para dietas de emagrecimento, pois contém apenas 72 a 87 calorias por 100 gramas, sendo também um alimento adequado a crianças e idosos devido à sua alta digestabilidade.


O tofu contém ácido linoléico que ajuda na dispersão de gorduras saturadas que tendem a obstruir a corrente sanguínea sendo, portanto, um excelente substituto para carne, ovos e laticínios. Sua textura variável e versátil se adapta a vários tipos de pratos podendo ser usado em sopas, cozido com grãos, macarrões, cozido com vegetais, em saladas, em conservas, molhos, pastinhas e até sobremesas! Tradicionalmente é solidificado com nigari (resíduo concentrado retirado da água do mar) ou com sulfato de cálcio (mineral orgânico retirado de minas profundas). O tofu comercial que contém frequentemente produtos químicos (cloreto de magnésio refinado, gesso ou glutamato de monossódio) deve ser evitado.

Aula de Arte Fundamental da Vida, direção Bernadette Kikuchi - Foto: Dersu Schutz

Leite de soja – O leite de soja tem um sabor consistente natural, um aroma brando e uma doçura suave e sutil. O leite de soja é altamente digestivo e isento de lactose, não causa alergias em crianças e adultos, não contém colesterol, tem baixo teor de gordura e é extremamente saudável. É usado no Oriente na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares, endurecimento de artérias, anemia (devido ao seu alto teor de ferro), artrites, acidificação sangüínea, diabetes (devido ao seu baixo teor de amido) e para casos pós-operatórios por não causar gases. O leite de soja contém baixas calorias e devido a substâncias fito-estrogenas, que retêm o cálcio nos ossos, é um excelente alimento para prevenir a osteoporose e sintomas relacionados à menopausa. O leite de soja ajuda na redução do colesterol e atua na prevenção de diversos tipos de câncer fornecendo ao organismo a quantidade adequada de proteínas, carboidratos, vitaminas do complexo B, vitamina E, ferro, ômega 3, ácidos graxos e muitas outras vitaminas e minerais. Ele contém lisina em abundância que, quando servido ou combinado com cereais (que contém metionina) pode impulsionar a quantidade total de proteína utilizável para além de 30%. No Japão é usado como alimento básico para crianças e adultos e para estimular o fluxo natural de leite materno.




Imagem retirada do Google imagens


Ague (Aburá - ague - tofu frito)O ague é o tofu que foi prensado e frito em fogo baixo por um longo período de tempo e depois em fogo alto rapidamente para completar o seu cozimento ideal. O ague é delicioso e por conter 50% menos água do que o tofu fresco, sua concentração de proteína é duas vezes maior. Pode ser usado em sopas, risotos, com vegetais, saladas, etc. 




Aula de Arte Fundamental da Vida - Direção: Bernadette Kikuchi - Foto: Dersu Schutz



TempehO tempeh é um alimento derivado da soja que é amplamente consumido na Indonésia e no Sri Lanka como alimento básico. A soja é cozida e misturada com uma bactéria especial (rizopus oligopurus) e é posta a fermentar durante a noite toda. Durante a fermentação a proteína do tempeh é parcialmente quebrada tornando-se altamente digestiva (rica em probióticos). O tempeh é uma excelente fonte de proteína vegetal e é um dos alimentos vegetais mais ricos em vitamina B12 e outras vitaminas do complexo B (B2, B3 e B6). É um alimento versátil e delicioso que promove grande energia e vitalidade ao organismo sendo, portanto, um excelente substituto das proteínas de origem animal.

Prato por Camila Lisboa, foto por Kundan Palma (tempeh com cebolinha)


NattôO nattô é um alimento fermentado, derivado da soja, rico em proteínas e probióticos e com teor baixo de calorias. A soja é cozida e misturada com enzimas benéficas (bacillus subtilis) e fermentada por 24 horas sob temperatura controlada. O nattô é uma excelente fonte de ferro e vitaminas B incluindo a B12 e cálcio. Tem alto valor nutritivo e é um excelente alimento para fortalecer o sistema digestivo e afinar o sangue. Como outros alimentos fermentados, derivados da soja, o nattô é mais do que a soma de suas partes, pois o valor dos vários nutrientes aumenta como resultado da fermentação.

Salada de nattô com alga wakame, nabo e agrião (parece um feijão...) Foto por Dersu Schutz

Okara - Farelo de soja proveniente do preparo do leite de soja. O okara contém muitos nutrientes e muitas fibras e tem sido usado por séculos no Japão para enriquecer o leite materno e estimular o seu fluxo. Pode ser transformado em deliciosos hambúrgueres e croquetes combinados com cereais cozidos, farinha ou vegetais, adicionado em pães e bolos ou refogados com vegetais e temperado com shoyu.




Foto retirada do Google Imagens



Tofu secoO tofu seco é seis vezes mais concentrado do que o tofu regular e contém duas vezes mais proteína do que peixe, carne e galinha e é totalmente isento de colesterol. O tofu seco é obtido a partir do tofu fresco que foi prensado e amarrado em grupos de cinco com palha de arroz e pendurados em varas nas beiradas das casas das fazendas fora do alcance do sol. Durante o dia eles degelam e durante a noite eles congelam. Após várias semanas de temperaturas alternadas o resultado é um tofu seco, crocante e altamente nutritivo, rico em ferro, cálcio e fósforo. 

Dried Tofu and Mushrooms, for Bak Kut Teh
Imagem retirada do Google Imagens

YubaNata que se forma na superfície do leite de soja, rica em proteínas e lipídios e que pode ser consumida fresca ou seca na confecção de vários pratos normalmente temperados com shoyu.

Imagem retirada do Google imagens


Moyashi (brotos de soja)Sementes de soja germinadas altamente nutritivas e ricas em vitamina C e outras vitaminas. 




Imagem retirada do Google imagens


Proteína de soja texturizada (carne de soja)O PVT é um produto altamente refinado derivado da farinha de soja desengordurada. O óleo de soja é extraído da farinha e o que permanece é basicamente carboidrato e proteína. A farinha desengordurada é então continuamente expelida sob calor e pressão (processo industrial) para formar pequenos pedaços que depois de hidratados lembram a aparência e textura da carne bovina. 



Por não se tratar de um alimento completo e integral não deve ser consumido regularmente, pois são formadores de ácidos no organismo. Alimentos derivados da soja integral como missô, shoyu, tofu, tempeh, nattô etc. são mais equilibrados, mais nutritivos e potencializam a alcalinização da corrente sanguínea (frequentemente acidificada devido às dietas modernas, industrializadas, ricas em açúcares, conservantes, refinados e condimentos). 




Imagem retirada do Google imagens

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá camila! Bastante esclarecedor!
    Vale ressaltar que a soja é contra-indicada para pessoas com problemas de tireóide e para pessoas com histórico de câncer de mama.
    O efeito protetor da soja no oriente é devido ao consumo na forma fermentada e desde a infância.
    Condiz com o que você sabe?
    E o que você sabe, quanto ao risco de quase toda soja produzida ser trangênica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mônica,

      Vou publicar um texto agorinha sobre isso!!! Grata por levantar estas questões!

      Beijos!

      Excluir