segunda-feira, 23 de março de 2015

O tal do enjoo

Foto retirada do site: www.brasilbabycenter.com

Tive apenas um enjoo durante toda a minha gravidez e foi graças a ele que descobri que estava gravida.

Estava indo a um evento no local onde meu marido trabalha, cujo acesso se da através de uma estrada sinuosa e cheia de altos e baixos. Uma verdadeira montanha russa automobilística.

Acontece que não sou dada a enjoos, já tinha pego essa estrada várias vezes antes e nunca tinha enjoado. Trata-se de um percurso de uma hora e da metade pro fim estava suuuuper enjoada! Comentei com o meu marido que estava achando aquilo estranho e cogitei a possibilidade de gravidez, sobre a qual ele achou que era completamente improvável.

Chegando ao local de destino, precisei ficar uns 30 minutos sentada, de olhos fechados, para me reestabelecer... Algo inédito em minha vida.

No dia seguinte tinha um jantar e como tinha ficado com essa pulga atrás da orelha na véspera resolvi fazer um teste de farmácia, para saber se poderia ou não beber aquela noite.

Fiz xixi no papelzinho, entrei no banho e deixei a fitinha na bancada do banheiro para meu marido ver o resultado enquanto estava no banho. Minutos depois ele respondeu: "Está vendo que essa história de gravidez é maluquice? Você não está grávida" e deixou a fitinha na bancada.

Ao sair do banho olhei para a fitinha e resolvi verificar na bula como fazia para ler o resultado. Lá dizia que se aparecessem dois tracinhos o resultado era positivo. Havia um tracinho bem marcado e outro bem leve... Apelei a Dr. Google que disse: mesmo quando o segundo traço é bem clarinho, significa que o resultado é positivo.

Já estava tarde e não podia me atrasar para o jantar. Desfarçadamente não bebi (não queria que percebessem e me indagassem pela razão) e fui dormir com essa dúvida.

Como dizem que a urina da manhã é a mais certeira, ao despertar, no dia seguinte, pedi ao meu marido para ir na farmácia comprar outro teste. Como moramos afastados de tudo e todos, uma rápida ida até a farmácia mais próxima significou uma espera de pelo menos 30 minutos "segurando" o xixi. Quase tão difícil quanto fazer ultra-sonografia de abdômen total.

Desta vez não houve a menor dúvida! Dois tracinhos bem marcados!! No dia seguinte, entretanto, fiz um exame de sangue só pra ter uma confirmação extra!

Tenho certeza que esse único enjoo serviu somente para me avisar que estava grávida e para não beber no tal jantar... Não deu nem tempo de eu perceber o atraso de minha menstruação. Dizem que pode-se beber até uma taça de vinho, por semana, durante a gravidez. Eu preferi não arriscar e estou abstêmica há mais de nove meses...

Nenhum comentário:

Postar um comentário