segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Buenos Aires - Parte 02

...de volta a Buenos Aires, dessa vez hospedada em Recoleta para explorar a região norte da cidade...

Como já falei sobre Buenos Aires em outro texto, vou fazer esse um pouco mais sucinto dividido em tópicos de interesses distintos:

Livraria El Ateneo (Av. Santa Fé, 1860 - Bairro Recoleta): Se você gosta de livros, reserve pelo menos um turno em Buenos Aires para se deleitar por lá. Literalmente, sentei no chão entre estantes, em cadeiras, poltronas, no café... Mergulhei em livros, comprei outros tantos... Tem também um acervo riquíssimo de CDs e DVDs. Resumindo: um espetáculo!!



Comida Natural: Fui em um lugar bem simples mas com a comida deliciosa e baratésima, chama Patatas Bravas e fica na rua Suipacha, 714.

Tango: Tem vários shows de tango na cidade, assisti a um chamado Tango Porteño que fica na Avenida 9 de Julio, com 140 metros de largura é uma das avenidas mais largas do mundo. Lá você tem aquela sensação de estar numa grande metrópole. O tango tem a opção com jantar e sem jantar... Sabiamente fiz a opção do SEM jantar e quando cheguei lá vi que o menu era uma Parrilla... Cheguei um pouco mais cedo e sentei na primeira fileira que tinha uma visão ótima para o espetáculo. É num teatro antigo, lindíssimo!! Tudo vale a pena, o show, o lugar, a música (toda orquestrada)... Não tem como voltar da Argentina sem se apaixonar pelo tal do Tango!!



video

Para dançar: Fui numa milonga famosa chamada La Viruta, fica na Calle Armenia 1366. Na mesma rua tem inúmeros barzinhos e restaurantes super charmosos, fica em Palermo Soho. Não cheguei a dançar porque estava morrendo de sono e ia viajar no dia seguinte. Vale a pena conferir a programação no site e ir lá, tem aula de tango para todo tipo de gente (experientes e novatos) – super divertido!!

Para admirar: Parques!!! Eu vim andando de Belgrano até Palermo pelo parque. Paisagem linda, natureza, pessoas saudáveis caminhando, andando de bicicleta, de patins. Lagos, jardins, árvores imponentes.



Museu: Vale a pena visitar o museu de Evita. Fica em Palermo, na Calle Lafinur, 2988. Os argentinos são fanáticos por ela e é interessante conhecer um pouco mais da sua história além do que foi exposto no filme e musical de Andrew Lloyd Weber e Tim Rice que eu pessoalmente acho fantástico!! Esse museu fica próximo ao parque de Palermo, dá para ir andando.

Malba – O Museu de Arte Latino Americano é muito legal. Lá encontra-se o famoso Abapuru de Tacila do Amaral, além de obras de Fernando Botero, Antonio Berni, Diego Rivera, Candido Portinari, Frida Kahlo, Lygia Clark, Helio Oititica, Di Cavalcanti, e muitos outros renomados. Quando fui tinha uma exposição só de arte argentina com artistas que desconhecia, entretanto, muitas obras interessantíssimas.

Gastronomia Típica: Para quem acha que a Argentina é o paraíso das carnes é bom desbravar as famosas casas de Parrilla, pois em muitas delas existem Parrillas Vegetarianas. Isso mesmo!! Eu fui em uma bem perto do Museu Evita que super recomendo, ambiente lindo e comida DELICIOSA!! La Josefina, Calle Lafinur, 3006.



Literatura: Famosos pelo habito de ler, encontramos livrarias em todas as esquinas na argentina. Somente em Buenos Aires há mais livrarias que em todo o território brasileiro. Na Plaza Italia, em Palermo, próximo ao Jardim Botânico há uma grande feira de livros diariamente.

Obs.: Em frente à Feira tem um local onde são vendidos ingressos para todos os eventos culturais da cidade!!



Compras: Para quem gosta de comprar, tem uma região prá lá da Calle Córdoba que é cheia de Outlets. Não sei dizer exatamente o local, mas chegando lá é fácil descobrir. Como esse não foi o meu foco na viagem, passei por lá, mas não desbravei muito lojas, etc... É um local para quem está realmente no espírito de compras, pois só em isso, lojas, lojas e mais lojas!!

Cerveja: Para quem adora cervejas como eu, apesar da terra ser de vinhos, tem um lugar IMPERDÍVEL no Palermo Soho. Chama Cerveceria Antares. O ambiente é lindo, animado e eles servem inúmeros tipos de cerveja. O melhor é o menu degustação onde servem todos os tipos em mini tulipas de 60ml cada uma. Assim, pode provar todas e depois escolher a mais gostosa. Eu pessoalmente fiquei fã Barley Wine que tem esse nome por ter um teor alcólico próximo ao do vinho, portanto sabor mais forte, licorosa, maltosa e frutada – típica de inverno mas nada me impediria de tomá-la no nosso país tropical. Ela é uma franquia presente em diversos lugares da Argentina, inclusive na Aristides Villanueva em Mendoza. Eu fui na da Calle Armenia, 1447 em Buenos Aires – recomendo!




Caminhei muuuuito por Buenos Aires, tentei fazer um mapa percorrendo os lugares que lembro que passei, mas com certeza esqueci-me de marcar vários e somando deu mais de 50 km percorridos a pé. Uma delicia de cidade para caminhar, eclética, rica em cultura, arquitetura, música, paisagens naturais, gastronomia...!

2 comentários:

  1. Finalmente tomei vergonha na caraa!!Olha eu aqui espiando o seu blog!!
    Parabéns por ter criado esse espaço, Cami! Como está diferente da última vez que eu entrei...Estou encantada com os seus posts!
    Vou continuar entrando e lendo mais! ;)
    Love You,
    Sil.

    P.S( Acredita q consigo ouvir sua voz qdo leio os posts! Impressionante!! Rs!)

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga!!! Que delicia a sua visita!!! Bom saber que consigo transmitir a minha emoção a ponto de conseguir ouvir minha voz através das minhas palavras....!! Sinal de que me conhece muito bem também!!!

    Luv U2!!!

    Saudades e beijos!!

    ResponderExcluir