quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Como preparar feijão retirando os fitatos e mantendo os nutrientes


Conheço quem tenha deixado de comer feijão por dizer que provoca gases/flatulência. As leguminosas são ricas em ácido fítico (fitatos) que fermentam no intestino, podendo causar desconforto. Entretanto, os feijões são excelentes fontes de aminoácidos (principalmente quando combinados com cereais integrais), fibras, antioxidantes, minerais e vitaminas, portanto, devem fazer parte da nossa alimentação cotidiana.

Como preparar o feijão, reduzindo os desconfortos provocados pelos fitatos, sem perder o valor nutricional:
  • Deixe o feijão de molho por 30 minutos (após ter catado e lavado os grãos);
  • Descarte a água;
  • Adicione água na proporção de 2,5 ou 3:1 (prefiro colocar menos e adicionar mais no fim, caso perceba que a água está secando e o grão ainda está duro, pois não gosto do feijão com muito caldo);
  • Deixe o feijão de molho por pelo menos quatro horas (eu gosto de deixar de molho por oito horas - se você morar em um lugar muito quente, melhor deixar de molho dentro da geladeira, para que o grão não fermente);
  • Antes de cozinhar, acrescente uma micro-mini pitada de sal, que ajudará no cozimento. Atenção: este sal não tem a finalidade de dar sabor, por isso é beeeeeeeeeeeeem pouquinho mesmo!
  • Coloque para cozinhar em fogo alto e quando começar a ferver e formar uma espuma, retire esta espuma com uma colher e descarte-a.
  • Deixe cozinhar em fogo bem baixo com a penela tampada (se não estiver muito cheia) ou semi-tampada (se estiver muito cheia, para não correr o risco de transbordar). O cozimento pode levar de uma a duas horas (a depender do grão), então, pode aproveitar para preparar outras comidas ou fazer qualquer outra coisa em casa, enquanto espera ficar pronto.
  • O tempero só deve ser adicionado no fim do preparo (quando o grão já estiver al dente), pois se forem cozidos por tempo prolongado, perdem o seu valor nutricional. Quando falo em tempero, é tempero de verdade: alho, cebola, salsinha, coentro, cebolinha, sal marinho... Nada desses condimentos prontos, processados e químicos!!!
Outra dica que ajuda a reduzir os efeitos dos fitatos é a adição de folha de louro no início do cozimento ou então de um pedacinho de alga kombu (3x3cm), que pode ser colocado de molho junto com a água do cozimento, horas antes e depois cozido junto com o feijão (nesse caso, não precisa adicionar a micro-mini pitada de sal, pois a alga já contém sal). A alga não deve ser ingerida e sim descartada quando encontrada no prato, pois ela é como uma esponja e absorve os fitatos. 

Pronto! Agora você já pode preparar um feijão gostoso, saudável e livre das indesejadas flatulências.

Bom apetite!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário