domingo, 10 de janeiro de 2016

Homenagem à Luciano Wildberger Lisboa - Tio Lu (15.01.1957 a 09.01.2016)



Há 19 anos convivi com uma doença misteriosa, dolorosa e avassaladora chamada Câncer. Não foi a primeira vez, pois infelizmente a vida me colocou em contato com a morte, causada por esta doença desde muito cedo: duas grandes amigas de minha irmã faleceram de Leucemia e a irmã de uma amiga também. Eu tinha entre 10 e 12 anos quando isso aconteceu...

Esse monstro misterioso e silencioso levou também a minha avó e alguns tios-avós... Sempre foi um fantasma que rondou minha vida e talvez esse seja um dos principais motivos que me preocupo tanto em buscar hábitos saudáveis de vida, apesar de ter plena convicção do quão danoso pode ser um estado emocional abalado para a saúde física.

A experiência de 19 anos atrás, que começo relatando neste texto, entretanto, a despeito das outras, fortaleceu minha crença em Deus e em milagres. Ontem me despedi de um tio, amado e querido. Um verdadeiro guerreiro, um exemplo de superação que recebeu o milagre da vida há 19 anos. Se hoje estou completamente destruída com a ideia de não tê-lo mais por perto, fico me imaginando como seria se tivesse sido privada do seu convívio por esses 19 preciosos anos. Então, ao invés de me lamentar, agradeço à vida, por ter dado de presente à mim, seus amigos, seus parentes e principalmente sua esposa e filhos esses 19 anos de vida. Agradeço também a Deus por não ter feito minha avó passar pela dor de perder um filho...

Fica aqui a certeza de que o que importa nessa vida são os laços que criamos, o amor, a família, a união... Fica a minha saudade, a minha homenagem, a eterna lembrança que terei cada vez que me olhar no espelho. Quanto orgulho e alegria me traz cada vez que alguém fala que sou a cara do meu tio ou a cara da minha avó: duas almas iluminadas e abençoadas que se foram tão cedo da vida física, mas que jamais sairão dos pensamentos. 

Paz, força, sabedoria, perseverança, amor, garra, otimismo, compaixão, bondade, generosidade, altruísmo, desprendimento, simplicidade, paciência, alegria de viver... Esses foram alguns dos muitos ensinamentos que ele deixou em sua árdua missão na terra. São meus desejos para quem por aqui ficou na dor e na saudade. 

3 comentários:

  1. Cami, minha linda!
    Queria muito estar aí perto e te dar um abraço bem apertado porque sei o quanto faz bem numa hora como essa..na impossibilidade, vai minha maior energia pra que te envolva e conceda um pouco de alento!
    Homenagem linda ainda mais vinda de uma pessoa como você...realmente, vocês se parecem bastante, 3 lindos e donos de belíssimos olhos e carisma indiscutível.
    Que Luciano descanse em paz e que Deus conforte o coração de todos vocês....a gente sabe que cada um tem um tempo, uma missão por aqui mas, ainda assim, é tão duro ter que se despedir fisicamente de quem se ama, né?! Ainda bem que os laços de amor verdadeiro são eternos, assim como os ensinamentos e as lembranças dos momentos compartilhados ficam pra sempre...nada se acaba com a ida pro outro lado e isso é mais uma dádiva que Deus nos concede.
    Beijinho no seu coração lindo e o meu abraço mais quentinho e cheio de carinho pra você! Te amo muito!

    ResponderExcluir
  2. The Goat Strikes Again...15 de janeiro de 2016 10:21

    Belo post! Bela Homenagem! Ele foi uma pessoa muito especial.

    ResponderExcluir
  3. ... lacuna insubistituível nas mentes e corações...

    ResponderExcluir